LINKS DA SEMANA

Links da Semana #8

14 de janeiro de 2020

E aí, como foi seu fim de semana? Gosto de compartilhar os posts do Links da Semana na sexta-feira, mas dessa vez, ainda bem que eu esperei um pouquinho porque o filme que assisti no sábado com certeza entra nessa lista… Aliás, vamos começar por ele. 

Filme: Ford vs Ferrari

Não sei você, mas eu curto muito assistir a F1… Acompanhar as performances e crescimento dos pilotos e equipes, a disputa, a estratégia de um piloto funcionando do começo ao fim, até os perrengues são legais, rs… Claro que sou #TeamLH (Lewis Hamilton), ou seja, não torço pra qualquer um, mas o esporte como um todo é impressionante. Por isso, já imaginava que iria gostar de Ford vs Ferrari.

O filme conta a história de como 2 amigos construíram um super carro para que a Ford pudesse participar da Le Mans, uma corrida tradicional que acontece na França e dura 24 horas. Uma verdadeira prova de resistência. 

Pra que a Ford pudesse disputar, pelo menos de forma equivalente com a Ferrari, foi preciso muito dinheiro, estrutura, pessoas, mas principalmente alguém que entendesse de carros como ninguém… E é aí que a história se desenrola. A trama é muito gostosa, tem drama, comédia e foi construída de um jeito muito envolvente. 

Nas cenas de corrida eu mal piscava, mas os meus momentos favoritos foram aqueles em que mostraram a evolução da criação. O carro sendo construído do zero, os avanço, testes e mais testes… Aperfeiçoamentos, testes, até que o carro realmente pudesse ser explorado e utilizado na sua potência máxima. 

Sério, anota aí! 

Música: Anderson Paak

Anderson é um rapper americano que roubou minha atenção com a música The Bird. Já ouvi trilhões de vezes e ela continua tão gostosa quanto da primeira vez.

Inclusive, você pode dar um pause aqui para ouvir.

Conteúdo: How to have a true hobby, not a side hustle

A Vox publicou um texto do seu blog sobre como ter um hobby e não mais uma atividade. Pelo nome Vox, pode ser que você não saiba de quem estou falando, mas certamente já viu/passou o olho pela série “Explicando” na Netflix. Ela é uma produção deles. 

O canal deles no Youtube cresceu com conteúdos assim, só depois foi para a plataforma de streaming. 

O texto está todo em inglês, isso significa que a leitura é ótima pra praticar o reading… E o conteúdo está super interessante. 

How to have a true hobby, not a side hustle fala um pouco sobre porque sentimos que até no nosso tempo livre usamos para buscar excelência, dinheiro e crescimento pessoal.

Essas atividades, que deveriam nos ajudar a relaxar, espairecer, acabam se tornando uma competição. Disputamos com a gente mesmo porque queremos ser excelentes naquilo que nos propomos a fazer: “we’re afraid of being bad at hobbies”, temos medo até de “fracassar” naquelas atividades que eram para funcionar como um escape mental.  

Nesse post compartilhei minha experiência com a cerâmica, um presente que dei a mim mesma num momento em que eu simplesmente queria fazer algo para ser mais feliz, me sentir bem fazendo algo criativo e novo com as minhas mãos. E confesso que apesar de estar ali aprendendo algo que nunca tinha feito na vida, a batalha interna para que minhas peças ficassem “perfeitas” era grande. 

Com o tempo fui chegando à conclusão de que essa vontade pela perfeição estava no lugar errado porque tudo o que é artesanal, JAMAIS vai ser perfeito. Depois de criar a mesma peça 3x e ver que nenhuma estava igual a outra, consegui enxergar beleza porque todas foram feitas com muito carinho. Em cada uma delas eu havia me dedicado a aperfeiçoar uma técnica diferente e só por isso todas as 3 peças se tornaram especiais.

Mas voltando para o texto, ao final, a jornalista compartilha 5 dicas para se encontrar e manter um hobby.

Para ler, clique aqui.

Hoje vou ficar por aqui. Aproveite que ainda estamos em janeiro para pensar em algum hobby novo que possa fazer parte do seu ano. Música boa pra te acompanhar vocë já tem 🙂 

E o filme, sério, um balde de inspiração pra gente colocar a mão na massa e construir algo em que realmente acreditamos. 

Até o próximo post 😉 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply