All Posts By

thallenmerlin

APRENDIZADOS

Quando foi a última vez que você fez algo simplesmente para ser feliz?

7 de novembro de 2019

Eu tinha decidido que faria um curso esse ano… Uma pós ou uma nova graduação que pudesse me ajudar com uma especialização. Pesquisei bastante e cheguei a um curso que realmente parecia interessante. Esperei por quase 5 meses, mas a turma não abriu. Agora no segundo semestre encontrei um novo curso, desta vez online e uma graduação. Assim que o anúncio apareceu, logo me inscrevi. No dia seguinte busquei o chat para tirar algumas dúvidas e o curso estava com as vagas encerradas. Previsão de novas turmas? 2020. 

Talvez não pelo curso em si, mas sentia muita falta de algo que me tirasse do roteiro trabalho-casa-trabalho. E que também me pudesse me estimular ainda mais criativamente 🙂 

Então, perto do meu aniversário, me lembrei de um curso que uma amiga muito querida fez e me encheu os olhos: cerâmica. E, vai, é pra isso que aniversários servem, não é? Esse foi o meu presente, e que presente. Conhecer a Maria, professora e ceramista, foi um presente. 

Cada aula tem duração de 3 horas. Me arrumei e fui para o meu primeiro sábado. Eu e o Hugo havíamos combinado de almoçar juntos logo depois. 

A aula começou. Abri meu pacote de argila e observando os movimentos que a Maria fazia com as mãos fui entendendo como preparar a argila, tirar bolhas de ar e deixá-la pronta para a peça. 

Naquele dia a Maria me falou sobre o que faríamos, um pote/bowl para chá, peça muito usada na cultura oriental e que geralmente tem suas bordas irregulares, que lembram o desenho do horizonte. 

Pois bem… Preparamos a argila e começamos a abrir uma tigelinha… Fui entendendo os movimentos, treinando a sensibilidade, dando forma à peça e quando vi eram quase 14h da tarde! O tempo voou!  Quase perdi o almoço, rs! Mas saindo daqui não conseguia pensar em outra coisa a não ser quão incrível foi ter feito algo com as minhas próprias mãos. 

Aquele foi só o primeiro processo da peça. Até ela de fato ficar pronta para uso leva um certo tempo. O que fiz ali naquelas 4 horas foi algo tão tão tão singelo, mas tão bonito que não consegui me importar com as irregularidades das peças. 

E aí você me pergunta porque cerâmica? Pra ser feliz 🙂 no final das contas começar um curso completamente diferente, que vai na contramão do ritmo agitado que estamos tão acostumados no dia a dia, foi como me dar uma abraço. Um presente pra mim mesma! A lista de cursos para nos deixar atualizados com as novidades da nossa profissão não tem fim, isso eu te garanto. Mas e aquelas coisas que você gostaria de aprender por puro prazer? Tem uma listinha também?

Por isso termino esse registro perguntando: quando foi a última vez que você conseguiu escolher fazer algo simplesmente para ser feliz?

 

ORGANIZAÇÃO

Organização no trabalho #2

14 de agosto de 2019
organização no trabalho tempo

Esses tempos ouvi uma frase sobre gerenciamento de tempo… Ela dizia não tem como administrarmos o nosso tempo e sim nossas tarefas. Fiquei pensando sobre isso e faz bastante sentido porque não tem nada mesmo que possamos fazer para mexer nas horas. No final do dia somente algumas tarefas é que serão executadas.

Vira e mexe, vai chegando o fim do dia, olho para a lista de coisas que precisam ser feitas, olho para o relógio e a conta não fecha. O sentimento de incapacidade é quase que inevitável.

Pra minimizar isso, me aprofundei um pouquinho em entender o que tenho feito durante o dia. No meu post anterior comentei sobre as ferramentas que uso hoje e uma delas é o Google Keep.

UMA LISTA DE TAREFAS PARA O DIA

Pra “descobrir” o que estava fazendo com as minhas 8 horas, passei a abrir uma nota no Google Keep todos os dias para registrar minhas atividades em forma de checklist. Além das tarefas já “programadas”, passei a incluir o máximo de tarefas feitas: “liguei para cliente”, “conversei sobre o projeto X pelo WhatsApp”, “fiz o briefing de tal job”, “tirei dúvida sobre o trabalho y”, “li sobre x tema”.

Continue Reading
ORGANIZAÇÃO

Organização no trabalho #1

15 de julho de 2019

Gosto muito de estudar e ler sobre organização e me esforço bastante pra dar conta das tarefas do dia e da semana. Minha grande inspiração nessa área é a Thais Godinho do blog Vida Organizada. Inclusive, os conteúdos que ela tem produzido para o Youtube estão super legais. 

A tranquilidade e profundidade com que compartilha são o que mais me chamam atenção, amo muito! Muitas vezes temos essa ideia de que organização tem a ver com mil planilhas, posts-its, planners, agendas, mas com ela tenho aprendido a encontrar o método que melhor funciona dentro da minha rotina. 

Hoje a área que mais consome meu tempo é o trabalho. Tenho um trabalho de 8h por dia e também alguns outros como freelancer, o que faz com que, em alguns dias, eu trabalhe parte da noite também. Apesar de distribuir o trabalho durante a semana me cobro muito para que tudo seja entregue com o máximo de qualidade, mas nem sempre consigo produzir tanto assim. Então o que tento fazer hoje, porque é mesmo um exercício diário, é estar confortável com a minha capacidade.

Nem todo dia conseguimos entregar coisas extraordinárias. E quem trabalha com criatividade sabe bem que tudo o que passa pelas nossas mãos exige muito trabalho mental. Por isso, quanto mais organizado é o meu processo e quanto mais eu conseguir “delegar” para as ferramentas, mais espaço tenho livre para pensar criativamente.

O que vou compartilhar aqui são algumas das ferramentas que uso pra fazer a minha engrenagem girar.

Trello – Organização visual

No Trello criei vários quadros para o trabalho e coisas pessoais. Nos dois gosto muito da ferramenta checklist porque é onde coloco o passo a passo daquele trabalho ou detalhes que não posso esquecer. Isso me ajuda, principalmente, a liberar espaço mental. 

Continue Reading